Estes são os bons

BICICLETEIROS.COM
Eles não são líderes. Não organizam movimentos, não encabeçam discussões, não chefiam absolutamente nada. Quem são eles, afinal? Chamam-se Thiago Benicchio e André Pasqualini. Duas pessoas ativas na promoção de algo que acreditam que vai transformar sua cidade para melhor: a bicicleta. “Participação é bem diferente de organização”, defi ne Thiago ao falar de seu envolvimento no cicloativismo – palavra, aliás, que ele detesta, assim como qualquer outro rótulo.

A preocupação da dupla tem fundamento. Eles fazem parte da Bicicletada, correspondente brasileiro do movimento Critical Mass, surgido nos Estados Unidos em 1992. A idéia do movimento é justamente promover um encontro de pessoas para ocupar o espaço público em bicicletas – são passeios auto-organizados e independentes. Geralmente, apenas o local de encontro, o dia e o horário são defi nidos. Não há uma liderança – e é por isso que André e Thiago não estão nessa posição.

Mesmo sem ocuparem nenhum tipo de cargo, a dupla está sempre presente nas bicicletadas paulistanas. Em comum, além da amizade, eles dois têm um mesmo instrumento de divulgação da causa: a internet. Thiago é o autor do site Apocalipse Motorizado, que conta com mais de 800 visitantes por dia. Já André aproveitou sua profissão de analista de sistemas para criar o Ciclobr, outro sucesso da rede.

“A bicicletada é um passeio em que os participantes se articulam”, diz André, que há mais de quatro anos abraçou o cicloativismo. Desde que participou de sua primeira bicicletada, em 2004, ele passou a freqüentar reuniões da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), a apresentar projetos para a prefeitura e a participar ativamente de diversos movimentos.

Em junho passado, André ficou conhecido ao ser preso na manifestação World Naked Bike Ride. O protesto, de origem norte-americana, propõe que os participantes saiam nus sobre suas bicicletas para chamar a atenção – principalmente – dos motoristas. O objetivo é alertá-los sobre o quando os ciclistas estão desprotegidos no trânsito diante dos automóveis.

Havia dezenas de ciclistas completamente nus na avenida Paulista, mas apenas André foi detido. “A polícia pensou que eu fosse o líder, mas ela estava enganada. O movimento era horizontal”, diz ele.

Enquanto isso, Thiago participava do mesmo movimento que o amigo – só que em Portland, nos Estados Unidos. “Ninguém foi preso, nem agredido. Os americanos fi caram surpresos ao saberem que houve uma prisão por nudez no Brasil”, conta. Para ele, o importante mesmo desses movimentos são os encontros. “O encontro é algo simples, mas muito potente. É onde as pessoas trocam, se conhecem e exercem o livre pensamento.”

Thiago Benicchio, 29 e André Pasqualini, 34
Usam a internet como principal plataforma de divulgação da bike. Participam ativamente da bicicletada, versão brasileira do Critical Mass Americano

Anúncios

Sobre saxmozartfaggi

Ciclista desde 1974, por gostar de ser ciclista, mas em minha cidade não era difícil percorrer 10 a 15km com montanhas que são predominantes, mas o único impecílio era a irresponsabilidade dos motoristas. Dá para se ir ao seu emprego de bike, basta apenas ter um pouquinho de tempo a mais e uma roupa para trocar. Muitos já trocaram o carro pela bike, por ser econômica, gasósa e academia, e por as vezes, serem melhores para estacionar e ir de um ponto a outro... isso é fato. Demoro 25min para chegar ao centro de SBC, mas depois que lá estou, qualquer caminho para mim é mais rápido do que um carro, menos perigoso que uma moto, isso é fato!
Galeria | Esse post foi publicado em ciclovia, Dia Sem Carro, ee kennidy, Esportes, Eurico Marto Rodrigues, Ferrarezi, Giovanni Breda, Holanda, Instituto CicloBr, Luiz Marinho, Massa Crítica, MOBILIDADE, são bernardo do campo, skate, Urban Velo SBC e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s