Prefeitura de SP vai multar motorista que colocar ciclista em risco

Enfim uma ótima notícia para os ciclistas de São Paulo, espero que isso vá a outras cidades e funcione.

Só ciclista entende o ciclista, portanto espero que as pessoas designadas para o cargo  a dar as multas do Código de Engenharia de Tráfego (CET) sejam ciclistas ou entendam os ciclistas…

Vai a nota com a fonte do G1

A Prefeitura de São Paulo vai passar a multar motoristas que ameaçarem a segurança de ciclistas no trânsito a partir de maio. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) vai enquadrá-los no artigo 169 do Código de Trânsito Brasileiro, que prevê infração leve (R$ 53,20) e três pontos na carteira.

 

A CET treinará agentes para identificar as condutas perigosas dos motoristas. O artigo 169 prevê multa para quem “dirigir sem atenção ou sem os cuidados indispensáveis à segurança”. Entre as ações que serão punidas com multas está dirigir muito perto dos ciclistas.

Segundo a CET, os agentes serão treinados com o objetivo principal de fazer que os condutores fiquem mais atentos à presença dos ciclistas nas ruas e, assim, diminuam o número de mortes  no trânsito.

Mortes

Os atropelamentos de ciclistas em São Paulo têm sido recorrentes. Na manhã da terça-feira (3), o pedreiro Lauro Jesus Neri, de 49 anos, morreu ao ser atropelado enquanto andava de bicicleta na Avenida Pirajuçara, na Zona Oeste da capital. A carteira de habilitação do motorista do carro estava vencida desde 2010. Após o acidente, ativistas dos direitos dos ciclistas fizeram um protesto. Uma “ghost bike” (bicicleta branca que simboliza a morte de um ciclista) foi instalada no local do acidente.

No dia 2 de março, a bióloga Juliana Vaz foi atropelada enquanto trafegava de bicicleta na Avenida Paulista. O inquérito sobre a morte da ciclista apontou que o motorista do ônibus que a atingiu discutiu com Juliana antes do acidente, mas que ele não teve intenção de matá-la. Santos foi indiciado por homicídio culposo (sem intenção).

O caso está sendo avaliado pelo Ministério Público Estadual e será apresentado à Justiça. No ano passado, 49 ciclistas morreram nas ruas da capital, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde – em 2005, foram 93 mortes.

Já quem “fechar” um ciclista ao fazer conversões para a direita ou para a esquerda poderá ser enquadrado no artigo 197 – infração média, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira.

Vamos torcer para que isso aconteça em todo o território Brasileiro, pois estamos cansados de pedir respeito

Anúncios

Sobre saxmozartfaggi

Ciclista desde 1974, por gostar de ser ciclista, mas em minha cidade não era difícil percorrer 10 a 15km com montanhas que são predominantes, mas o único impecílio era a irresponsabilidade dos motoristas. Dá para se ir ao seu emprego de bike, basta apenas ter um pouquinho de tempo a mais e uma roupa para trocar. Muitos já trocaram o carro pela bike, por ser econômica, gasósa e academia, e por as vezes, serem melhores para estacionar e ir de um ponto a outro... isso é fato. Demoro 25min para chegar ao centro de SBC, mas depois que lá estou, qualquer caminho para mim é mais rápido do que um carro, menos perigoso que uma moto, isso é fato!
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s