Você que fazer uma Massa Crítica? (1)

A Lei da Mobilidade Urbana já foi lançada desde 2005. Antes só grandes Metrópoles deveriam acatar aos mandos do Distrito Federal, agora cidades a partir de 20 mil habitantes, já devem ter seu projeto.Foto-0065

Isso significa que o ABCD tem obrigação de ter projetos para todos que usam da mobilidade, quer seja um cadeirante, pedestre ou ciclista, que são meios de transportes sustentáveis, outros modais de transportes coletivos são alternativa boa , mas desde que haja fluidez no transito, ou seja, transitem e não congestione!

Sabemos que cada 1% dado ao transporte publico 12% são dados de presente aos carros, com um paradigma frustrante dizendo de que a máquina automobilística deva aquecer suas vendas. Daí você já pode ter uma idéia de o porque que vc não tem ônibus de qualidade, trem que para, Metrô que fica superlotado sempre, e porque que em sua cidade não há uma ciclovia, ciclofaixa, ciclorrota, e tendo lugares bonitos, como a Serra do Mar, não há um projeto de cicloturismo, porque não podemos ir até a Casa da Pedra? É um ponto turístico e proibido, tendo que avisar mês antes para poder descer… vc acha certo?

No dia 7 de maio ouvi um morador reclamar sobre locais para lazer, estávamos em uma Quadra numa PPA, e disseram: Usem a quadra, esta daqui…. o morador riu, pois a pessoa que disse para usar a quadra, não conhece como é o sistema… Se vc quiser usar a quadra, tem que fazer pedido, e depois de 1 mês você pode usar(agenda da prefeitura)

A mesma coisa acontece com a Casa da Pedra dentre outros lugares.

Este blog vai dizer o que é uma mobilização ativista, confundida por greves, ou massa critica… As greves é o meio que os operários , trabalhadores e demais profissionais, como o professor, exigir seus direitos por melhores condições de trabalho e melhores salários. Foi se esquecendo das melhores condições de trabalho desde que venha os salários.Hoje só pensam em salários. Posso dizer que muitos reclamam de saúde(a maioria) em segundo vem casos como educação, mas não abordando a educação e sim o uniforme, os pais não tem sensibilidade e educação para reclamar de outra coisa, alguns entram com temas interessantes na educação, ma são raros.

Nós do ciclismo temos que dar ênfase à “Mobilidade Urbana com Transporte Sustentável entre outros Modais”.

Todos, não interessa quem, somos pedestres em potencial 33% das locomoções são feitas exclusivamente por pedestres, onde é imprescindível um equipamento, a CALÇADA. Esta calçada não é do governo e nem da prefeitura, diz que é pública mas quem cuida é o dono da calçada e não outros órgãos.

Todos os dias, para quem anda a pé, faço a pergunta que é muito simples, como é sua calçada? Tem degraus? Uma pessoa com cadeira de rodas poderia circular por ela?

Pessoas equiparando a calçada para melhor colocar seu carro dentro da garagem fazem enormes degraus. Fora isso, as calçadas má administradas , com buracos ou entulhos… uma cadeira de rodas passaria por lá?

Bom, já vimos que dependemos da boa vontade do dono da casa, mas quem fiscaliza isso? Se vc fizer uma ocorrência, determinando que o local necessita ser olhado pela prefeitura, a prefeitura mandará pessoas que irão dar um prazo aos cidadãos para melhorarem sua calçada, que poderá acarretar em multa grave contra a mobilidade urbana….exemplo vc quer construir e comprou areia e o depósito deixou muita areia na calçada, as vezes até na rua(multa ) vc tem o prazo de retirar a areia em 1 dia, areia na rua é multa na hora, faça o seguinte para seu bem e da comunidade, coloque na garagem, se não tiver, coloque em seu banheiro ou quarto…. ai vc diz, mas vou sujar toda minha casa(mas é isso o que vc está fazendo com a minha rua, nossa rua, ninguém tem mais privilégios do que o outro… essa foi a rua e a calçada.

Vamos falar um pouco de praças , jardins e locais onde os pedestres andam, crianças aprendem a pedalar, tem muito verde, mas os passeios são importantes. Meus sobrinhos , minhas filhas, com minha mão, conseguiram pilotar na Praça Giovani Breda, sem as rodinhas…

A grande parte da pequena área de secção perimetral  tem o passeio, na qual eu, me vendo como pedestre atualmente, observei que tem problemas que podem quebrar um pé dou garantia disso…Foto-0588

Anúncios

Sobre saxmozartfaggi

Ciclista desde 1974, por gostar de ser ciclista, mas em minha cidade não era difícil percorrer 10 a 15km com montanhas que são predominantes, mas o único impecílio era a irresponsabilidade dos motoristas. Dá para se ir ao seu emprego de bike, basta apenas ter um pouquinho de tempo a mais e uma roupa para trocar. Muitos já trocaram o carro pela bike, por ser econômica, gasósa e academia, e por as vezes, serem melhores para estacionar e ir de um ponto a outro... isso é fato. Demoro 25min para chegar ao centro de SBC, mas depois que lá estou, qualquer caminho para mim é mais rápido do que um carro, menos perigoso que uma moto, isso é fato!
Vídeo | Esse post foi publicado em Eurico Marto Rodrigues, faixa de pedestre, Ferrarezi, Giovanni Breda, Instituto CicloBr, joão firmino, lesmas lerdas, Luiz Marinho, Massa Crítica, massa crítica abc, Massa Crítica Pacífica, MOBILIDADE, passeio em praças, Rota Marcia Prado, são bernardo do campo, skate, Urban Velo SBC e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s