Somos Heróis do Asfalto, somos ciclistas… somos O TRÂNSITO

Final de 2013, muitas realizações, aumentamos mais de 500% o numero de ciclistas, e menos de 10% o numero de cilo faixas, ciclovias entre outras rotas para ciclo.

Fomos impedidos de ir e vir, a CET o DET e ST não tem competência para arquitetar o futuro dos ciclistas, um planejamento a longo prazo, que não sei porque? Não é só planejar e fazer acontecer? Se a prefeitura não vê estes pontos, sinal que não sabe planejar… no entanto demos uma lição com nossas conscientizações, nas ruas, nos plenários, no bairro, na cidade, mostrando que sabemos o que estamos fazendo.

Mas, 2014 vem ai, terá que ser mais forte a conscientização, e eu terei que comprar uma bike para pedalar novamente!

Um texto eu adorei , estava em um dos grupos e fala simplesmente do descaso, gostei porque estava muito bom e eu como bike anjo, faço dele as minhas palavras…

Balsa

Ninguém pode com os ciclistas, em 2014 vamos descer várias vezes a Serra e a Ecovias tem como obrigação dar o espaço e segurança, a PM tem que dar segurança pública.

De Marcos Ziotti

Texto que escrevi hoje devido a transtorno de gente que não respeita o ciclista. Se puder, compartilhem. Precisamos nos unir para conquistarmos nosso espaço.

“ACOSTUMEM-SE SENHORES. SAIAM DA ZONA DE CONFORTO
Acho que vou começar a andar com alguns artigos do código nacional de trânsito, impressos, para entregar para esse gente, mal educada, que ainda não aprendeu a conviver com o ciclista. Talvez não seja nem falta de educação. Talvez seja pelo fato de que, nessa cidade, onde, na cabeça das pessoas, o que predomina é o sentimento de individualismo, as pessoas, no trânsito não se colocam no lugar dos outros. Isso é lamentável.
Hoje, novamente, por duas vezes, passei por situações de stress no trânsito, devido a intolerância de pessoas tacanhas, que ainda não aprenderam que lugar de bicicleta não é na calçada e nem no meio fio. Em seus excelentes carros e com ótima aparência, esses dois senhores, agiram como verdadeiros animais, expondo seu ódio, pelo simples fato de terem que desviar de mim, que estava trafegando na faixa da direita, com cuidado e atenção.
Talvez sejam pessoas que conseguiram alcançar uma excelente condição financeira, que lhes permitem possuir excelentes carros, possivelmente, diretores de empresas, e empresários. Pessoas de respeito com certeza, mas que não aprenderam as regras básicas de convivência.
Pessoas que vão para a Europa, e mandam seus filhos para a Europa, onde a bicicleta é um meio de transporta estabelecido, e todos respeitam. Essas pessoas, que viajam o mundo e não aprendem os melhores hábitos, pois parece que só vão para lá, para consumir e ostentar, mas que não aprendem e nem assimilam nada.
Ou, essas pessoas, até aprendam, mas não acham que nosso país e nossa gente, sejam dignos de educação de suas partes. Não. Parece que, para esses senhores, nosso País é terra de ninguém. Então nossa gente não merece o que esses senhores vivenciaram na Europa ou em qualquer país de primeiro mundo.
Então, aqui, vou observar alguns pontos, no sentido de prestar um serviço de utilidade pública, porque, quero acreditar que talvez essas pessoas, esses senhores, estejam fazendo algumas confusões.
Por exemplo: o fato de a prefeitura ter criado ciclo-faixas em horários específicos no final de semana, NÃO significa que os ciclistas só devam trafegar naqueles locais e horários. Significa simplesmente que a prefeitura está incentivando o uso da bicicleta no momento de lazer. Ou seja, a existência de ciclo-faixas, com horário determinados, é para incentivar o uso, fazer com que as pessoas, exercitem, naqueles horários, conviverem umas com as outras.
Outro fato é que existe uma grande quantidade de pessoas, milhares, que independente de ciclo-faixas e horários definidos pela prefeitura, já tinham adotado a bicicleta como hábito e meio de transporte. Portanto, não pensem, senhores, que o fato de existir ciclo-faixa no final de semana, a questão estará resolvida por um simples determinismo da prefeitura. Os senhores ainda terão que conviver com diversas bicicletas, todos os dias, pois milhares de pessoas, utilizam e adotam a bicicleta COMO MEIO DE TRANSPORTE, AMPLAMENTE INCENTIVADA PELO CÓDIGO NACIONAL DE TRÂNSITO, E POR VÁRIOS SETORES DA SOCIEDADE, já que o ciclista colabora com o trânsito, com a qualidade do ar, pois não gera poluição. O ciclista está em todo lugar, a todo momento. ACOSTUMEM-SE SENHORES. SAIAM DA ZONA DE CONFORTO.”

O tal sistema do CTB é válido ainda? Te pergunto: quantas pessoas vc conhece que tiraram carteiras de motoristas por MERECIMENTO?

mas o ciclista no Brasil é cuidado assim…

11-SerCiclistaNoBrasilCom tudo isso eu digo que somos os heróis da pista, o “Lobo do Asfalto” , mas só somente seremos heróis quando formos ouvidos, pois enquanto fazem planos esquecem de perguntar ao ciclista, o que vcs acham? pergunta básica que poderia vir uma negativa ou um positiva, poderia vir uma sugestão, quem sabe?

fot velo 5

O começo do Grupo Urban Velo BR, com Daniel batendo a foto!

Anúncios

Sobre saxmozartfaggi

Ciclista desde 1974, por gostar de ser ciclista, mas em minha cidade não era difícil percorrer 10 a 15km com montanhas que são predominantes, mas o único impecílio era a irresponsabilidade dos motoristas. Dá para se ir ao seu emprego de bike, basta apenas ter um pouquinho de tempo a mais e uma roupa para trocar. Muitos já trocaram o carro pela bike, por ser econômica, gasósa e academia, e por as vezes, serem melhores para estacionar e ir de um ponto a outro... isso é fato. Demoro 25min para chegar ao centro de SBC, mas depois que lá estou, qualquer caminho para mim é mais rápido do que um carro, menos perigoso que uma moto, isso é fato!
Esse post foi publicado em bicicletários, bike anjo, CERÓL, ciclovia, Consócio, Despreparo da GCM, Dia Sem Carro, Escola de bicicleteiro, Eurico Marto Rodrigues, Ferrarezi, Holanda, Instituto CicloBr, joão firmino, justin bikes, lesmas lerdas, Luiz Marinho, Massa Crítica, massa crítica abc, Massa Crítica Pacífica, MOBILIDADE, Pereira Barreto SBC, Rota Marcia Prado, são bernardo do campo, skate, Urban Velo SBC. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s